Crescimento rápido da empresa nem sempre traz benefícios

O sonho de todo empreendedor é ver seu negócio crescer mais rápido que o previsto, pois assim o cumprimento das metas ocorre mais cedo e os resultados trazem ânimo e mais motivação para seguir em frente.

Apesar de parecer um pensamento lógico, crescer rápido nem sempre traz apenas benefícios. Não é incomum ouvir empreendedores que experimentam um sucesso rápido com o seu negócio dizerem que estão preocupados e querem reduzir o ritmo e crescer degrau por degrau para evitar ficar sem o alicerce necessário.

Muitas pessoas poderiam criticar tais empreendedores dizendo que não são ousados, mas outras diriam que se trata de precaução. Ambas as vertentes podem estar corretas, mas é fato que o crescimento rápido traz preocupações para qualquer negócio.

Se este for o seu caso, procure antecipar as mudanças e o aperfeiçoamento na gestão, a estruturação e organização de sua empresa, para não ser pego de surpresa depois. O que seria antecipar? Seria comparar os resultados alcançados com o que foi planejado, rever o planejamento e antecipar os investimentos da empresa para que a base esteja sólida.

Um dos maiores desafios de qualquer dono de empresa é gerir o negócio e implantar a estratégia de longo prazo ao mesmo tempo.

Quando o crescimento é mais rápido que o esperado, é comum muitos empreendedores focarem todos os esforços no curto prazo, no momento presente. Mas isso pode levar a empresa a uma nova fase mais complicada, até catastrófica, já que os resultados de hoje não necessariamente garantirão os de amanhã.

Em grandes empresas, este tipo de situação geralmente é mais bem gerenciada, pois há processos já desenvolvidos para crescer o negócio do dia a dia e ainda aqueles que focam no futuro.

Na pequena empresa, a cultura da organização ainda está em formação, os processos estão sendo desenvolvidos e as experiências diárias servem de base para as decisões que levarão a empresa ao sucesso ou não. Como empreendedor à frente do negócio você precisa adotar uma abordagem de gestão estratégica, por mais que a empresa demande de você ações mais táticas e operacionais.

Esse será o seu grande desafio: entender como dedicar o seu tempo finito à gestão de curto e longo prazos. Mas lembre-se que para gerir o crescimento rápido não basta planejar, você precisa acompanhar os resultados e compará-los com o que foi planejado para tomar suas decisões.

Este texto foi escrito por JOSÉ DORNELAS com base no livro “Seja dono do próprio nariz”.

Leave a Reply

Open chat